Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de 2015

São Paulo-BR: Students Beat Authoritarian Government

After some weeks of fight in occupations of schools and manifestations on the streets, the students got a first great victory upon a so far unbeaten government.

The governor that has never lost an election or dispute against a social movement had to give up the reorganization of the educational system planned to 2016.

After an abrupt decrease of popularity due to the violent repression from the police against students, the judiciary power started the process of reorganization.

Sustainable Environment: Comparing Brazil and Japan

Japan is a major example of the sustainable environment. Besides that, it presents a complex economy, and Japan didn't destroy their forests.

Japan chose to import their food, minerals and other feedstocks, instead of transforming it's natural landscapes.

On the other hand, the brazilian farmers have been fighting to destroy the rivers, forests, bays in name of progress.

In five hundred years, the brazilian elite devastated the Atlantic Forest. It was one of the richest biomes in biodiversity of the the world.

Comparing Brazil and Japan, it is clear that economy developing is not a synonym of environment degradation.

São Paulo-BR: The Students Are Occupying The Schools

In Brazil, the students are occupying the schools in response to the authoritarians decisions of São Paulo's Governor.
The government said that the changes will bring improvements and better quality for education. However, the education department announced the closing of 96 schools.
According to students, they were not informed about the closing and changing of the schools; and the changes are to cut costs and diminish the system of education.
The governor's party has been disrupting the educational system through low salary and less and less investments in infrastructure and teacher's formation. Besides that, the quantity of children per class is growing in the last twenty years.
There has never been a movement of this magnitude between secondary students in Brazil.
I am very proud of this generation.

Authors: @thiagomvaz and @GentinaFG

Sim, Estou Em Greve!

Salve Galera
Resolvi escrever esse texto porque não consegui conversar com todas as turmas. Gostaria de justificar porque entrei na greve, não só para vocês, mas para seus pais também.
Em primeiro lugar, quero deixar claro que não sou simpatizante e muito menos militante de partido político nenhum, nem faço parte do sindicato dos professores. Não sou petralha, não sou coxinha, nem agitador... Eu sou professor, e dentro do que a constituição e os valores da minha família me permitem e me obrigam a fazer, estou lutando pelo que acho certo e justo pra mim e pra vocês.
Bom, por que estou em greve? Vamos pensar alguns números pra variar...
Esses dados são 2013. Não mudou muito de lá pra cá.
Verba pra educação era de 24 bilhões e 260 milhões de reais. O Governo do Estado é obrigado e gastar esse valor exclusivamente com educação. Essa verba é maior do que a maioria dos estados tem para gastar com segurança, educação, saúde, etc...
A rede estadual conta com um pouco menos de 4 milhões e…

Democracia e Escola Pública (Parte 2)

Comemoramos o fim da ditadura militar e celebramos nossa jovem democracia com ares triunfalistas, como se esta estivesse consolidada. Contudo, creio que a discussão acerca da democracia está mirrada.Não acredito que exista de fato democracia no Brasil. O povo brasileiro, assim como os demais povos latino-americanos, nunca decidiram absolutamente nada.O modelo político vigente é um dos promotores dessa falsa democracia. O povo decide unicamente quais partidos governarão o país, mas as decisões que podem transformar as realidade sociais são tomadas  fora da esfera popular. Depois das eleições o povo fica impotente e alienado do poder. Os partidos políticos, os grandes grupos econômicos, as organizações internacionais (como o FMI, Conselho de Segurança da ONU, OMC, etc...) e os grandes grupos midiáticos, manobram os países do terceiro mundo.Penso que a democracia latino-americana é amputada e está longe de ser genuína. Um povo sem educação é incapaz de analisar criticamente seu lugar na …

Democracia e Escola Pública (Parte I)

Entre as duas grandes guerras do século XX, muitos professores alemães propagaram a doutrina oficial do Estado. Esta doutrina mais tarde justificaria o extermínio de cerca de seis milhões de judeus (e outros grupos como portadores de necessidades especiais e  ciganos)  em campos de trabalhos forçados e câmaras de gás.

Sim, muitos professores alemães, tanto pela ação quanto pela omissão, foram peças fundamentais para que um genocídio acontecesse. 
A escola é a maior força política de um povo. Seja ela ativa ou omissa, seu trabalho determinará os rumos de toda ccomunidade. Os educadores precisam perceber as implicações políticas de suas ações e omissões. Precisam perceber que formam ou pensadores ou massa inerte de manobra.
Esse fato vem de encontro à postura atual de sservidores da educação que declaram, em tom passivo e débil, serem empregados do Governador, e que por isso seguem cegamente o Currículo e determinações do Estado.

A Escola Pública Estatal, antes de ser Estatal, é públic…